SEO está morrendo? Saiba por que devemos pensar “além Google”

SEO está morrendo

O SEO está morrendo ou apenas evoluindo? A nova realidade exige pensar “além Google” e uma aproximação maior com sua audiência!

Não faz muito tempo SEO era a principal forma para se obter tráfego na internet. E o Google o principal mecanismo de busca! Posicionar uma página para uma determinada palavra chave no Google era relativamente fácil. Isso era possível por que existiam poucos sites no mundo e a concorrência era pequena! Um pouco de conhecimento em SEO era suficiente para se destacar na web. Além disso os algoritmos de SEO levavam em consideração fatores simples facilmente manipuláveis, o que tornava a tarefa ainda mais fácil. Essa realidade mudou muito. O SEO está morrendo?

A quantidade de sites na internet aumentou vertiginosamente. Com isso o Google e outros mecanismos de busca tradicionais precisaram refinar seus algoritmos para conseguir expor todo esse novo conteúdo de uma forma mais democrática e eficiente. O resultado é que está cada vez mais difícil posicionar uma página nos primeiros resultados dos mecanismos de busca tradicionais.

A boa notícia é que fecha-se uma porta e abrem-se várias outras! Pensar em SEO como uma estratégia para ficar nos primeiros resultados do Google é fechar os olhos para uma infinidade de oportunidades na internet. Rever o conceito de SEO é fundamental para a sobrevivência e sucesso na internet.

A evolução do SEO

Será que o SEO está morrendo? Eu diria que está evoluindo. E isso exige que o profissional de SEO evolua também.

É importante que ampliemos o conceito de SEO para além dos mecanismos de busca tradicionais como Google e Bing. Existem diversas redes sociais que funcionam como mecanismos de busca. o Pinterest, por exemplo, é muito utilizado como um motor de busca para conteúdo multimídia. E você já pensou em otimizar sua página para o Pinterest? Já ouviu falar do Slideshare? O próprio Facebook pode ser usado como um motor de busca para páginas sobre um determinado tema.

Portanto, neste novo contexto, é fundamental pensar em SEO além Google.

Diga-me com quem andas…

Os novos fatores de SEO estão cada vez mais complexos e passaram a considerar o comportamento do usuário, seus interesses, sua experiência em relação a um site ou aplicativo e até mesmo as características dos amigos e conexões do usuário nas redes sociais (Com quem você anda? Do que seus amigos gostam?).

Ao digitar um termo de pesquisa no Google hoje os resultados para cada usuário serão diferentes de acordo com suas preferências, interesses, comportamentos e conexões.

SEO x OAO

Você já ouviu falar em OAO? É a sigla para “Online Audience Optmization” (Otimização de sua audiência online). Muitos dizem que o SEO está morrendo para dar lugar ao OAO.

OAO também considera a maneira como seu público é engajado, quer seja por meio do próprio site, redes sociais ou aplicativos. Não se trata apenas de ser encontrado no mecanismo de busca, mas também como você engajará o novo usuário para se tornar parte de seu público fiel e ativo.

Estar presente nas redes sociais e levar conteúdo de qualidade com frequência para seu público é fundamental neste novo conceito.

Enfim…o SEO está morrendo?

É claro que não! Enquanto houver pesquisa na internet sempre haverá estratégias para facilitar que um conteúdo seja encontrado por um determinado público potencial.

O que está morrendo é o conceito tradicional de SEO, que enxergava o Google como a solução para todos os problemas. A nova realidade requer do profissional de SEO maior criatividade, presença online e atenção às novas oportunidades da internet.

Nesta nova realidade é também importante otimizar sua audiência, aproximando-se de seu público e engajando-o por meio do marketing de conteúdo.

Author: Carlos Barros

Share This Post On

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *