Principais plataformas para montar seu blog ou site

Plataforma ou CMS (Content Magagement System) é o software que permite gerenciar o conteúdo e as configurações de um blog ou site. Existem diversas plataformas gratuitas disponíveis na web, todas muito fáceis de instalar e configurar. Graças a elas o blogueiro hoje não precisa mais perder tempo com linguagens de programação ou detalhes técnicos de funcionamento do site, ficando livre para concentrar seus esforços na elaboração de um conteúdo de qualidade para seu público.

No artigo Como criar um blog profissional eu mencionei que há dois tipos de plataformas: 1 – CMS hospedado e 2 – CMS não hospedado. O primeiro seria a opção mas fácil, porém com certos limites. Já o CMS não hospedado permite um gerenciamento quase sem limites.

Abaixo listo plataformas que recomendo para os dois tipos:

Exemplos de plataformas já hospedadas(CMS hospedado)

As plataformas hospedadas são mais práticas, apesar de serem mais limitadas se comparadas às não hospedadas. É mais fácil criar um blog neste tipo de plataforma, pois ela já oferece o serviço hospedado na internet, ou seja, basta efetuar o cadastro no site e seu blog estará publicado e pronto para ser alimentado! O usuário praticamente não precisa se preocupar com nenhuma configuração.

A desvantagem é que ela apresenta limites tanto para personalização do blog como para gerenciamento do conteúdo. Porém, isso não significa que não sejam eficientes. Há diversos exemplos de blogs bem sucedidos na internet que utilizam este tipo de plataforma. Abaixo listo as principais:

Blogger

Blogger: Plataform CMS para blogs

O Blogger é a plataforma hospedada do Google. Qualquer pessoa com pouco ou nenhum conhecimento de programação poderá criar um blog ou site no Blogger em questão de minutos. Basta efetuar o cadastro no site e seguir o passo a passo. É possível personalizar alguma coisa . É SEO Friendly (já otimizado para indexar bem nos mecanismos de busca) e exige poucas configurações. Por ser do Google já vem integrada ao Google Analytics.

O domínio padrão do Blogger é http://seublog.blogspot.com. É recomendável que você registre um domínio particular, com o nome de sua empresa, negócio ou marca e substitua o domínio padrão do Blogger pelo seu (Ex.: seublog.com.br).

 

WordPress.com

Wordpress.com: Plataformas para blogs

 

É semelhante ao Blogger porém com mais recursos. Não cofunda o WordPress.com com WordPress.org. Este último é um CMS não hospedado, também do WordPress, que comentaremos abaixo neste artigo.

O domínio padrão do WordPress.com é http://seublog.wordpress.com. É recomendável que você registre um domínio particular, com o nome de sua empresa, negócio ou marca e substitua o domínio padrão do Blogger pelo seu (Ex.: seublog.com.br).

Tumblr

Tumblr: Plataforma para blogs

O Tumblr também é visto como uma plataforma de micro-blog. Algo intermediário entre o Twitter e o Blogger, por exemplo. Dependendo do objetivo de seu blog pode ser bastante útil, uma vez que compartilha fotos, vídeos e textos de forma bastante eficiente. Não requer praticamente nenhum conhecimento de programação e oferece layouts prontos gratuitos muito bonitos para seu blog. A desvantagem é que o Tumblr é bem limitado para personalizar e oferece poucos recursos em comparação aos demais.

 

Exemplos de plataformas não hospedadas (CMS não hospedado)

As plataformas não hospedadas são as mais recomendadas. São códigos livres (você pode editá-los se quiser) e, por isso, permitem total personalização e gerenciamento do conteúdo de seu blog ou site. Como são oferecidos sem hospedagem é necessário que você faça o download dos arquivos e depois transfira-os para uma hospedagem de sua preferência. Algumas configurações inciais também são necessárias. A maioria dos serviços de hospedagem já possuem no painel do cliente ferramentas amigáveis para instalação deste tipo de plataforma. São configurações básicas que qualquer pessoa com um conhecimento básico de internet conseguirá fazer. Vamos aos exemplos:

WordPress.org

Plataformas para blog

 

Sem dúvida a melhor plataforma gratuita para criação de blog ou site. Grandes sites internacionais como Coca-Cola, The New York Times, Forbes entre outros usam ou já usaram WordPress para gerenciar seus conteúdos. Muitas agências de publicidade usam o WordPress para manter os sites ou blogs de seus clientes.

A instalação do WordPress é fácil! Qualquer pessoa com conhecimentos básicos de internet conseguirá instalá-lo. A maioria das empresas de hospedagem oferecem ferramentas e suporte a seus clientes para instalar de forma fácil e rápida o WordPress na hospedagem.

Além disso existe uma variedade de plugins, gratuitos e pagos, de fácil instalação e configuração que permitem otimizar seu blog com apenas alguns cliques.

É a plataforma que eu uso para este blog e recomendo a todos os meus clientes!

Drupal

drupal

O Drupal é uma plataforma mais caracterizada como um Framework. A principal diferença de um framework e um CMS é a possibilidade de implementar APIs mais sofisticadas, exigindo, desta forma, um conhecimento um pouco maior de programação e detalhes técnicos. Além de permitir a criação de blogs e sites, a plataforma também possibilita desenvolver projetos mais completos e específicos como redes sociais, fóruns, etc.

Há uma grande comunidade no mundo que compartilha informações do Drupal. No Brasil o site do Drupal é a Associação Drupal Brasl (http://www.drupal.org.br/). Grandes empresas e instituições no Brasil e no mundo utilizam a plataforma: Warner, Sony,  Disney, Nokia,  WhiteHouse, Grupo Abril, Marinha do Brasil entre outras.

Joomla

Joompla: CMS

Muito semelhante ao WordPress, é hoje um dos principais sistemas de gestão de conteúdo (CMS) e que está em plena expansão. Criado em 2006, a plataforma é gratuita (código aberto) e também desenvolvida em PHP com base de dados em Mysql.

O Joomla oferece uma variedade grande de plugins gratuitos e pagos (estes a preços bem acessíveis) tornando-o bastante versátil. Com o Joomla é possível criar desde blogs até grandes lojas virtuais, bem como revistas online, jornais, catálogos, etc. São mais de 10 mil extensões disponiveis para que o usuário possa customizar e agregar funções ao site ou blog tornando-o extremamente otimizado.

 

 

Author: Carlos Barros

Share This Post On

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *