10 dicas de SEO fundamentais para o bom posicionamento de seu site

10 dicas de SEO fundamentais para o bom posicionamento de seu site

As 10 dicas de SEO que farão a diferença

Acompanhar  e trabalhar todos os fatores  de SEO em seu site ou blog é uma tarefa praticamente impossível. São dezenas de fatores. Só o Google considera mais de 100 na formulação de seus algoritmos e frequentemente inclui ou exclui novos.

Você não precisa trabalhar todos os fatores de SEO. Precisa apenas trabalhar mais do que o seu concorrente. Trabalhando poucos e bons fatores e adotando boas práticas já será suficiente para posicionar bem as páginas de seu site nas SERPs (páginas de resultados).

Abaixo seguem as 10 dicas de SEO fundamentais para um bom posicionamento de seu site nos mecanismos de busca:

1 – Pesquisa das palavras-chave

A primeira coisa a fazer em SEO é o estudo de palavras-chave. Afinal, para quais termos de pesquisa você deseja ter seu site bem posicionado nas páginas de busca?

O segredo está em encontrar palavras-chave com muita demanda e ao mesmo tempo com baixa concorrência. O Google disponibiliza uma ferramenta de palavras-chave onde você pode fazer a análise Demanda x Concorrência dos termos de pesquisa relacionados ao tema de seu site. Segue o link: https://adwords.google.com.br/keywordtool.

demanda concorrencia seo 10 dicas de SEO fundamentais para o bom posicionamento de seu site

Você verá que existem opções de palavras-chave que são razoavelmente procuradas e possuem pouquíssima concorrência. São essas que você deve dar prioridade em seu trabalho de SEO.

É claro que você não deve deixar de lado as palavras com grande tráfego e alta concorrência. Essas você também deve trabalhar. Porém, no início, dê prioridade às palavras com baixa concorrência e que tenham procura razoável, pois trarão resultados mais rápidos e com menor esforço.

2 – A importância do conteúdo de qualidade em SEO

Agora que você já sabe as palavras que vai trabalhar, então comece a desenvolver o conteúdo de seu site ou blog.

Para cada palavra-chave escolhida crie um artigo separado. É importante que cada artigo refira-se a um tema/palavra-chave.

Insira a palavra-chave escolhida ao longo de seu artigo, de forma natural, sem se preocupar muito com a densidade. Nesta fase você não deve se preocupar tanto com a quantidade de vezes que a palavra-chave deve aparecer. Concentre-se mais em preparar um bom artigo que leve informação de qualidade ao leitor.

Conteúdos de qualidade são raros na internet. Portanto, aí está uma grande oportunidade para se diferenciar da concorrência. Conteúdos bem feitos, com no mínimo 600 palavras, fotos, vídeos ou qualquer outro gráfico ou widget que levem ao leitor informações de qualidade, serão a base para todas as outras técnicas de SEO empregadas.

Não copie conteúdo de outros sites. Conteúdo duplicado na internet é passível de punição pelos mecanismos de busca. Crie algo exclusivo e original.

Para dicas de como criar conteúdos de qualidade do jeito que o Google gosta acesse Criando conteúdo de qualidade: dicas e conceitos para permanecer bem ranqueado nos mecanismos de busca

3 – Densidade das palavras chave

Agora que você já criou um excelente artigo, então está na hora de analisar a densidade da palavra-chave escolhida para o mesmo.

Distribua a sua palavra-chave principal ao longo do artigo, dentro de uma densidade ótima (geralmente entre 3% e 5%). Desta forma você sinalizará aos mecanismos de busca que aquele artigo específico refere-se àquela palavra. Porém, cuidado!

Ter uma densidade muito alta (acima de 5%) pode sugerir que você esteja empregando técnicas artificiais em sua estratégia de SEO, ou seja, tentando enganar os mecanismos de busca para conseguir posições melhores. Seu site pode ser punido.

Ao mesmo tempo é importante não usar apenas a palavra-chave exata, mas também tipos de correspondência e sinônimos. Isso faz sentido, pois num texto escrito de forma natural, sem qualquer pretensão de ranqueamento na internet, é difícil uma palavra ser repetida várias vezes na correspondência exata. Utilize singular, plural, sinônimos. Em frases chave, altere as preposições “de” e “para” (Ex.: dicas de seo, dicas para seo).

4 – URL amigável

Os endereços de URL das páginas de seu site devem ser amigáveis, ou seja, conter palavras/frases sugestivas sobre o conteúdo daquela página. Exemplos:

Exemplo de URL não amigável

http://carlosbarros.net/arquivo.asp?id=1&ref=187

O endereço acima não traz nenhuma pista do que você vai encontrar ao clicar no link. Não é, portanto, uma URL amigável.

Exemplo de URL amigável

http://carlosbarros.net/10-dicas-de-seo-fundamentais-para-o-bom-posicionamento-de-seu-site/

Percebam que o endereço acima, por si só, já sugere ao internauta o que espera por ele ao clicar no link. É possível identificar que, clicando no link, você será levado para uma página dentro do meu blog que abordará o tema SEO e lhe apresentará 10 dicas de como otimizar seu site para mecanismos de busca.

Tenha sempre URLs amigáveis nas páginas de seu site. E o mais importante: inclua a palavra-chave que você está trabalhando na URL. No exemplo de URL amigável acima, a palavra SEO é a  principal trabalhada na página e consta na URL.

5 – Meta Tags e título da página

No início do código html de uma página, dentro do cabeçalho (head), existem duas tags de extrema importância. A tag “title” e a tag “description”. Outra tag que antes era muito importante e hoje perdeu peso é a “keywords”. Você também pode considerá-la se quiser, porém não influenciará de forma relevante o posicionamento de seu site.

O início de seu código html ficaria mais ou menos assim:

<html>
<head>
<title>Escrever aqui o título de sua página</title>
<meta name=”description” content=”Descrever resumidamente a sua página”>
<meta name=”keywords” content=”palavra-chave 1, palavra-chave 2, palavra-chave 3”>
</head>

O título da sua página deve conter sua palavra-chave principal. É importante que ele também explique, em poucas palavras, o conteúdo da página. Exemplo de títulos:

1 – 10 Dicas de SEO fundamentais para o bom posicionamento de seu site

2 – 10 Dicas de SEO para otimizar seu site

3 – Carlos Barros -  10 dicas de SEO para otimização de seu site

Percebam que o título contém a palavra chave principal do artigo ( SEO ) e uma breve chamada sobre o conteúdo da página. Você ainda pode adicionar o seu nome ou a marca da sua empresa (para trabalhar o branding), como no exemplo 3, onde adicionei “Carlos Barros” no início.

É importante que o título não seja muito extenso: no máximo 50 caracteres.

A tag description descreve resumidamente o conteúdo da página. Deve ser criativa e explicativa. Sua palavra chave principal deve estar presente na tag description uma ou duas vezes. Não é aconselhável repetir demais a palavra chave na tag description, pois isso pode ser visto como algo artificial pelos mecanismos de busca e passível de punição.

A tag description deve ser mais extensa que o título, porém não é recomendado que ela ultrapasse muito a marca de 165 caracteres.

Exemplo de tag description:

Conheça 10 dicas fundamentais de SEO para otimizar seu site nos mecanismos de busca. Saiba como o emprego de boas práticas de SEO pode trazer tráfego eficiente e consistente para seu site.

6 – Títulos no corpo da página: h1, h2, h3…

Os títulos, que variam do h1 ao h6, sinalizarão aos mecanismo de busca quais conteúdos em seu artigo são mais ou menos importantes. É importante incluir em seu artigo pelo menos três títulos, do h1 ao h3, contendo a palavra-chave principal e/ou variantes.

Percebam que este artigo foi logo iniciado com o título “As 10 dicas em SEO que farão a diferença”. Esse título está envolto com as tags h1 e contém a palavra-chave principal SEO.

O h2 está sendo empregado em cada um dos subtítulos das dicas (da 1 à 10). Nos títulos h2  a palavra chave SEO também aparece, porém não em todos, pois isso seria artificial.

Ao final deste artigo eu concluo com um título h3 (Conclusão sobre as principais dicas de SEO).

7 – A importância do mapa do site (sitemap) em SEO

É fundamental que o seu site tenha um mapa com links para todas as páginas. O ideal é criar um sitemap em XML. Existem sites geradores de sitemaps em XML onde você pode inclusive indicar quais páginas são mais ou menos relevantes, ajudando os mecanismos de busca a compreenderem melhor seu site.

Mesmo que não seja em XML, é importante ter uma página, ainda que em HTML, apontando para todas as páginas internas do site. Desta forma você estará garantindo que todo o seu site será indexado.

Para entender melhor sobre sitemaps acesse: http://www.agenciamestre.com/seo/sitemap-xml-html-utilidades-mitos

8 – Imagens: nome do arquivo e text “Alt”

É importante que o seu artigo tenha imagens. Um artigo de qualidade mescla de forma harmônica texto e imagens, ajudando o leitor a compreender melhor a mensagem.

Você também pode relacionar as imagens de seu artigo à palavra-chave principal. A maneira mais prática é renomeando o arquivo de imagem para que inclua a palavra chave. A imagem abaixo, por exemplo, chama-se “10-dicas-de-seo.gif”.

10 dicas de seo 10 dicas de SEO fundamentais para o bom posicionamento de seu site

Não esqueça de descrever a imagem no “alt” (texto alternativo). Em sua descrição inclua a palavra-chave. No exemplo da imagem abaixo  o “alt” foi preenchido com “10 dicas de SEO para otimizar seu site”.

9 – Popularidade do site na web

De nada adiantará você trabalhar todos os 8 fatores de SEO acima citados se você não se engajar numa tarefa de tornar sua página e site populares na internet.

Buscar popularidade pode ser feito de duas formas:

1 – Social Signals

O “Social Signals”, ou Sinais Sociais, é um fator de SEO que mede a presença de seu site nas mídias sociais. Trata-se de um fator recentemente incluído nos algoritmos do Google e de outros mecanismos de busca com um considerável peso.

Estar presente nas mídias sociais hoje é obrigatório para quem quiser ranquear bem nas buscas. Isso faz total sentido, não? Afinal, se um site constantemente exibe conteúdos de qualidade sobre um determinado tema é natural que seja comentado nas mídias sociais.

Portanto, seja sociável e cadastre seu site nas principais mídias sociais. Divulgue seus artigos no Facebook, Twitter, Google Plus, Pinterest e outras que você julgar necessário.

2 – Link Building

O Google possui um fator chamado Page Rank que analisa a popularidade de um site de acordo com os links que recebe. O Page Rank é uma espécie de nota que o Google confere aos sites. Ela varia de 0 a 10. Quanto mais links externos apontarem para o seu site, maior será o Page Rank de seu site e, consequentemente, melhor o posicionamento dele nas páginas de resultados.

Portanto, é importante que você estabeleça estratégias consistentes de criação de links externos para seu site. São várias as maneiras que você pode fazer isso. Engajar-se nas mídias sociais é uma delas. Divulgando seus artigos e opiniões em mídias sociais você estará expondo seu site para um grande número de amigos que, aos poucos, compartilharão seus artigos e links de forma viral nas redes.

Existem outras maneiras de conseguir links. Porém, antes de sair desesperadamente fazendo link building, é importante conhecer os conceitos básicos desta técnica. Para isso, leia o artigo Link Building: Conceitos básicos.

10 – Relevância do autor (Author Rank)

Recentemente o Google incluiu em seus algoritmos um novo fator, extremamente importante para SEO e que faz total sentido: A relevância do autor (Author Rank).

Este fator avalia se o autor possui autoridade sobre o tema tratado no artigo. Quanto maior a sua autoridade sobre um determinado assunto, maiores as chances de seus artigos sobre aquele assunto serem melhor posicionados no Google.

É necessário, portanto, mostrar ao Google que você possui autoridade sobre o assunto. Como fazer isso?

O primeiro passo é criar um perfil no Google Plus. Você receberá um código que poderá inserir no HTML de suas páginas identificando o artigo como sendo de sua autoria. O WordPress já possui plugins que automatizam a inserção deste código.

Você provavelmente já viu nas páginas de busca do Google a foto do autor logo abaixo do resultado. Aquela página está identificada como sendo de autoria daquela pessoa. Na medida que você escreve novos artigos e os mesmos conseguem bons posicionamentos naquele tema especifico, mais fácil será para os seus novos artigos também indexarem bem.

Conclusão sobre as principais dicas de SEO

Essas são as 10 principais dicas de SEO. Trabalhe-as de forma sensata e natural e a consequência será um bom posicionamento. Evite técnicas artificiais de SEO, as chamadas técnicas Black Hat, que tentam enganar os mecanismos de busca. Por mais que você consiga resultados imediatos, não são estratégias sustentáveis a longo prazo e só penalizarão seu site.

É importante também manter-se atualizado sobre SEO. Novos fatores são incluídos nos algoritmos dos mecanismos de busca com frequência. Como mencionado, você não vai conseguir trabalhar todos eles, porém é bom sempre estar atento.

Até o próximo artigo! (Para saber mais acesse Curso de SEO)

 10 dicas de SEO fundamentais para o bom posicionamento de seu site

Sobre

Consultor de Marketing Online@Diretor de marketing da Digitravel Turismo@Colaborador dos portais meuimovelemmiami.com,anunciodetemporada.com.br, vestidosonline.com.br@ webdesigner@programador

Related posts:

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>